CORRENTE DO BEM – Ajuda para Prótese de Perna do Joaquim (Prótese Amputação Transtibial)

“Meu pai tem 66 anos e em janeiro pisou em um prego enferrujado…

Fizemos tudo que os médicos pediram para fazer desde o início e desde que pisou no prego, praticamente todos os dias levávamos ao hospital, pois a dor que ele sentia aumentava demais. Passou por vários médicos no hospital que só diziam ter que esperar que não podiam mexer, etc.

E nisso só foi piorando, tanto o aspecto da ferida quanto a dor, que suponho ser absurda a julgar pelo estado do meu pai, ele gritava de dor, os olhos pareciam que iam saltar pra fora, tamanha era a dor que sentia. E mesmo voltando com ele ao hospital, o que escutava era a mesma coisa: não pode mexer, tem que esperar”. Porque meu pai queria que abrisse pra tirar a infecção. Enfim.

Até que o meu irmão mostrou as fotos para o médico do posto de saúde do nosso bairro (durante uma consulta) e o médico imediatamente quis vir aqui em casa vê-lo e disse que meu pai tinha razão, precisava abrir sim. Então foram para o posto onde ele realizou um procedimento tirando a camada de pele mais superficial, mas não foi o suficiente, já estava necrosando e nos orientou voltar ao hospital e pedir a avaliação do cirurgião geral, pois devido a necrose, precisaria de um procedimento cirúrgico.

Resumindo, meu pai foi levado para o hospital de Pouso Alegre para ser avaliado por um vascular e foi internado logo que chegou lá, para uma cirurgia de emergência naquele mesmo dia e o médico já nos alertou que o risco da amputação era grande. Ficou alguns dias internado em observação e o ferimento voltou a necrosar, sendo necessário uma segunda cirurgia e infelizmente, não teve outra saída a não ser amputar. A amputação aconteceu um pouco abaixo do joelho (amputação transtibial).

Alguns fisioterapeutas disseram que não seria viável aguardarmos a prótese pelo SUS porque a fila de espera é grande e costuma demorar. Além disso, durante a espera poderia trazer complicações para ele como atrofias e até mesmo na questão psicológica, que graças a Deus está boa, por acreditar que conseguiremos a prótese sem muita demora.”

Para ajudar na Vakinha – Clique Aqui

Esse post foi publicado em Corrente do Bem. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s