CABEÇALHOCABEÇALHOCABEÇALHO

Imagem | Publicado em por | 49 Comentários

Barreira Sanitária faz a diferença em Santa Rita

Uma das maiores medidas tomada pelo prefeito municipal em Santa Rita do Sapucaí foi a implantação da Barreira Sanitária.

Onde com o apoio da Polícia Militar, Guarda Civil Municipal e Defesa Civil, agentes da Secretaria Municipal de Saúde estão medindo as temperaturas das pessoas para averiguar possíveis sintomas de quem entra na cidade com placas de outros municípios.

Conforme a prefeitura, a barreira foi montada para evitar que pessoas que estejam com febre alta ou que relatem outros sintomas possam entrar na cidade sem uma averiguação da Secretaria Municipal de Saúde.

Além disso, de acordo com a prefeitura, estão sendo realizadas outras formas de combate como a desinfecção de áreas e outras medidas, além de informações sobre obrigatoriedade do uso de máscaras, distanciamento social e importância de ficar em casa.
Desde a implantação da Barreira Sanitária no município até ontem 23.047 pessoas foram abordadas e catalogadas.

Sem a menor dúvida a Barreira Sanitária é um dos principais fatores para o município não ter no momento casos positivos da Covid 19.

oferecimento_rodel

Publicado em Cidade | Deixe um comentário

Câmara Municipal rejeita denúncia contra o prefeito em Santa Rita

Em Santa Rita do Sapucaí, após cerca de 3h40 de reunião ordinária na Câmara Municipal,  vereadores rejeitaram a denúncia contra o prefeito municipal por 13 votos a 0.

Confira a reunião na íntegra:

Publicado em Cidade | Deixe um comentário

CORRENTE DO BEM – Precisamos de uma cadeira de rodas

A Corrente do Bem recebeu  seguinte pedido de ajuda:

Gostaríamos de pedir um grande favor. Seria uma urgência nosso pedido, estamos precisando de uma cadeira de rodas para uma senhora de 92 anos.

Ela tem Alzheimer e está com problemas para andar, ir ao banheiro , as pernas não estão ajudando mais e carregá-la de um lado pro outro está muito difícil pra nós e pra ela que tem muito medo de cair.

Só caminha com ajuda e uma pessoa só não da conta mais.

Infelizmente não temos condições de comprar.

Deus lhes pague pela ajuda.”

Precisamos de pelo menos 40 pessoas doando pelo menos R$ 10,00

Quem puder ajudar pode deixar suas doações:

Barbearia Espaço Amigo – Rua Erasmo Cabral 54 esquina da Igreja São Benedito

Pepita Modas – Rua Cel Francisco Palma, 17 Centro

Adonai Silk Screen – Av Frederico de Paula Cunha, 271 Maristela

Banco Santander
Ag 3291
Conta Corrente 01003289-0

Publicado em Corrente do Bem | Deixe um comentário

Boletim COVID-19, 02 de junho de 2020

CASO SUSPEITO – 00

CASOS CONFIRMADOS DE SANTA RITA DO SAPUCAÍ – 02

CASO RECUPERADO DE SANTA RITA DO SAPUCAÍ – 01

CASOS DESCARTADOS -27 (pessoas que realizaram o teste e deu negativo)

CASOS EM MONITORAMENTO – 14 – (Essas pessoas recebem a visita dos agentes de saúde por um período e estão em observação).

Não é hora de relaxar!

Vamos manter as medidas de prevenção!

Lave sempre as mãos!

Evite aglomerações!

Mantenha o distanciamento de no mínimo 1 metro e meio!

Use máscara!

Se puder, permaneça em CASA!

ASCOM PMSRS

rui ofere novo

Publicado em Geral | Deixe um comentário

Mensagem Espírita

A mente humana é um grande teatro. Seu lugar não é na platéia, mas no palco, brilhando na sua inteligência, alegrando-se com suas vitórias, aprendendo com as suas derrotas e treinando para ser a cada dia, autor da sua história, líder se si mesmo!”

Augusto Cury

Publicado em Mensagem Espírita | Deixe um comentário

Programa “Percursos Gerais: Trajetória para Autonomia” passa por adaptação diante da pandemia

O programa Percursos Gerais: Trajetória para Autonomia, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), está se adaptando ao novo cenário global imposto pela pandemia do coronavírus. Como forma de prevenção à covid-19, e valorizando a saúde e segurança de cidadãos e servidores públicos municipais e estaduais, as atividades presenciais do programa foram temporariamente suspensas. Já as atividades de planejamento seguem acontecendo a distância.

Lançado em 2019 como estratégia do Governo de Minas para enfrentamento à vulnerabilidade social presente em mais de 70 municípios mineiros, o programa está na primeira fase de execução. O cronograma previa, antes da pandemia, o início das atividades em 16 municípios que pertencem à regional da Sedese em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. Como parte do objetivo central do programa, as ações são destinadas às cidades com baixo IDH-M no estado, e atuam de forma que as pessoas socialmente vulneráveis consigam alcançar a própria autonomia, a partir de parcerias com empresas do terceiro setor e desenvolvimento de ações de geração de renda, esporte e lazer, assistência social, segurança alimentar e nutricional, habitação social, direitos humanos e também política de prevenção e cuidado sobre drogas.

Segundo o superintendente de Integração e Segurança Alimentar e Nutricional da Sedese, Henrique Oliveira, os projetos que foram desenvolvidos na primeira fase do projeto ainda vão acontecer.

“Já estávamos no início da implementação das medidas, os termos de parcerias estavam prontos. Mas grande parte das medidas neste momento precisam de articulação com os poderes municipais, e essas atividades nos municípios geram, inevitavelmente, aglomeração de pessoas”, explica.

Henrique destaca que o projeto nunca parou, e outras etapas seguem a todo vapor para dar continuidade ao trabalho. “O Trajetória Renda está caminhando para lançar o edital de contratação do parceiro executor das atividades, que vai atuar nas ações de fomento ao emprego e renda. E os poços artesianos – que são perfurados em parceria com o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) – seguem as atividades normalmente. Teremos a entrega de 16 novos poços nos próximos meses, um em cada município desta primeira fase”, afirma.

O superintendente ainda reforça que o momento é de superação. “O Programa se torna muito mais importante nesse momento, onde as pessoas ainda estão mais vulnerabilizadas pela diminuição de renda e paralisação do comércio. Tivemos que replanejar, mas estamos determinados a fazer com que essas ações cheguem aos municípios”, conclui. 

Estímulo ao desenvolvimento

A iniciativa ‘Percursos Gerais: Trajetória para Autonomia’ tem, ao todo, 73 municípios mineiros participantes, e está dividido em quatro fases de execução. Os municípios atendidos na fase atual estão na região que concentra a maior parte de cidades com baixo IDH-M em Minas Gerais. O programa pretende estabelecer ações que contribuam para que os indivíduos pobres e extremamente pobres possam sair dessa condição e caminhar em direção à autonomia.

Publicado em Noticias de Minas Gerais | Deixe um comentário

Corpo de Bombeiros terá a primeira brigada municipal no estado

Astolfo Dutra, na Zona da Mata, será o primeiro município mineiro a receber uma brigada municipal do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) no estado. A informação é da corporação,  que deu início na sexta-feira (29/5) aos procedimentos para implementação da unidade. 

A iniciativa, ainda inédita, cumpre a prerrogativa de valorizar e padronizar as ações desenvolvidas por profissionais e instituições civis em atividades de prevenção e combate a incêndio, conforme previsto em lei, e pode ser uma boa solução para pequenos municípios que não são contemplados pela legislação vigente.

Assinaram o convênio o comandante-geral do CBMMG, coronel Edgard Estevo da Silva, o prefeito de Astolfo Dutra, Bruno Ribeiro, e autoridades do município. O coronel Estevo destacou que agora a comunidade de Astolfo Dutra tem a garantia de que o CBMMG irá treinar e coordenar a brigada municipal, garantindo à comunidade proteção pública nos combates a incêndio e ações de defesa civil. 

Conquista

A brigada será a primeira de Minas a ser instalada seguindo a Portaria nº 33/2018, que regula as atividades auxiliares do Corpo de Bombeiros no estado. A iniciativa cumpre o objetivo estratégico da corporação em buscar a excelência no atendimento, reduzindo o tempo de resposta a chamados e garantindo a expansão da atividade nos municípios com menos de 30 mil habitantes e que não contam com uma unidade do CBMMG.

Atuarão na unidade profissionais civis, brigadistas contratados pela prefeitura, sob a coordenação e supervisão do Corpo de Bombeiros. Ficará a cargo deles o serviço de combate a incêndios e salvamento formado, garantindo assim qualidade, competência e agilidade no atendimento à cidade. A assinatura do convênio abre precedente para que outras cidades com características semelhantes a Astolfo Dutra possam implementar brigadas municipais.

A parceria visa o fortalecimento da Gestão do Risco de Desastres na região, e envolve o CBMMG − órgão que já tem desenvolvido na região ações de Proteção e Defesa Civil, por meio da 2ª Cia/4º Batalhão de Bombeiros Militar −, e o município de Astolfo Dutra.

Publicado em Noticias de Minas Gerais | Deixe um comentário