Mulher mata marido asfixiado em Itajubá e chama polícia para se entregar

Um homem, de 51 anos, foi morto asfixiado pela própria esposa, em Itajubá. O caso foi neste sábado(25). De acordo com a Polícia Militar, foi a mulher que acionou a polícia afirmando que ‘havia matado seu marido e gostaria de se entregar’.

O crime ocorreu no bairro Santo Antônio. Assim que os policiais chegaram ao local, a solicitante, de 38 anos, confessou que amarrou e asfixiou seu marido Sérgio Carvalho Silva.

A mulher ainda pediu para que sua vizinha ligasse para o Corpo de Bombeiros, pedindo ajuda, alegando um possível engasgo.

Após confirmação dos detalhes, a esposa da vítima e a vizinha foram encaminhadas para a delegacia da Polícia Civil.

Detalhes do caso

De acordo com o relato da mulher no boletim de ocorrência, o crime teria sido premeditado. A mulher preparou a comida de sábado e, na sequência, pediu para o marido lhe ensinasse técnicas de imobilização.

O homem era servidor público na prefeitura de Itajubá e a esposa mentiu dizendo que faria um trabalho de segurança em Pouso Alegre.

Depois de receber as dicas, a mulher ainda convenceu o marido a deixar amarra-lo para certificar que havia aprendido as técnicas. Então, a esposa usou uma blusa para tampar a boca e o nariz do marido. Ela só parou quando percebeu que ele tinha desmaiado.

A mulher chamou a vizinha, para quem já havia contado o que faria com o marido. Ao chegar, a vizinha viu que o homem ainda estava vivo. Então, a esposa pegou um pedaço de pão para tentar engasgar o homem.

Como combinado, a vizinha ligou para os bombeiros para relatar que o homem tinha se engasgado e precisava de socorro. Os bombeiros tentarem reanimar o servidor público e o levaram para o hospital. Mas o homem já estava morto.

Sem histórico de agressões físicas

A esposa ainda relatou no boletim de ocorrência que não sofria nenhuma agressão física por parte do marido. O casal estava junto há 20 anos. No entanto, a mulher disse que, enquanto sufocava o marido, lembrava que ele a chamava de velha e gorda.

A mulher e sua vizinha, que confirmou que tinha sido avisada do plano, foram detidas e encaminhadas para a delegacia da cidade.

Prefeitura emite nota de pesar

A prefeitura de Itajubá emitiu uma nota de pesar pela morte de Sérgio Carvalho Silva. Segundo a nota, o homem era servidor do município há 23 anos, tendo trabalhado nas secretarias de Desenvolvimento Social, Obras, Governo e Saúde.

Terra do Mandu

Esse post foi publicado em Notícias Policiais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s