Aberta consulta pública sobre concessão do Parque das Águas de Caxambu

Prazo de vigência do contrato será de 30 anos. Manifestações podem ser registradas até 28/4

Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) está com consulta pública aberta, até 28/4, para concessão do Parque das Águas de Caxambu. O objetivo é que investidores, entidades da sociedade civil, turistas e população em geral contribuam com as definições do edital que será elaborado para concessão do empreendimento. Os interessados em participar dessa consulta devem preencher o formulário disponível em www.codemge.com.br/consultaspublicas.

Sobre a concessão

A concessão será para prestação de serviços de gestão, operação e manutenção, bem como a execução de obras e serviços de engenharia. Está incluída a exploração do Balneário Hidroterápico e de seus equipamentos, tais como banheiras, duchas, saunas e piscina interna. Não integram o objeto da concessão a engarrafadora e o direito minerário. O concessionário fará o uso da água e suas fontes, enquanto a Codemge continuará com a responsabilidade pelo direito minerário.

Entre as ações a serem realizadas pelo futuro concessionário está previsto um investimento na ordem de R$ 11 milhões. O prazo de vigência do contrato será de 30 (trinta) anos.

Está garantido à população o horário de acesso gratuito ao parque, das 7h às 9h, como é realizado atualmente. Também será mantido o horário mínimo de funcionamento.

Além disso, todos os serviços – limpeza, segurança, entre outros – serão realizados pelo futuro concessionários, que será avaliado por indicadores de desempenho visando a melhor prestação de serviço para o cidadão.

Crédito (fotos): Acervo Codemge

Parque

O Parque das Águas Dr. Lisandro Carneiro Guimarães é conhecido por suas águas minerais terapêuticas e conta com área de 210 mil metros quadrados. O espaço reúne um gêiser, um coreto, esculturas e diversos outros elementos paisagísticos e mobiliários, além de dez fontanários de águas minerais, cada uma delas com propriedades diferentes.

O empreendimento oferece atrações para todos os gostos e idades, com quadras de tênis de saibro, quadras de vôlei tradicional e de areia, pista de corrida/caminhada, área de piquenique, piscinas de água mineral (adulto e infantil), vestiários, ringue de patinação e playground, entre outros exemplos.

O conjunto arquitetônico e paisagístico do Parque das Águas integra o cenário urbano de Caxambu e a história da cidade. Os prédios do balneário, do engarrafamento de águas, dos fontanários e do coreto configuram um acervo arquitetônico, abarcando tipologias como ecletismo, art nouveau, art decó, neoclássico e moderno. O parque também conta com mobiliário valioso, a exemplo das obras do Chico Cascateiro, das peças que decoram o balneário e da estátua Ninfa do Lago. Há também jardins, um lago ornamental e outro lago, de maiores dimensões.

As fontes de água mineral são outros destaques, com suas propriedades medicinais e seus pavilhões que as tornam únicas. São elas: Dona Leopoldina; Conde D’eu e Princesa Isabel; Duque de Saxe; Beleza; Dom Pedro; Viotti; Viotti Menor; Venâncio; Mayrink; e Ernestina Guedes.

​O fluxo de visitantes no Parque das Águas é de 120 mil pessoas por ano. A população do município de Caxambu é de aproximadamente 20 mil habitantes.

Balneário

Localizado dentro do Parque das Águas de Caxambu, o Balneário é um tradicional centro hidroterápico que conta com os mais modernos equipamentos do mercado, além de instalações recém-reformadas.

Há mais de 30 serviços disponíveis, que se dividem entre banhos (de imersão em água mineral ou o aromático), duchas (como a Vichy, escocesa e a circular), sauna masculina úmida e seca, massagens (mediante agendamento), banheiras de Hidromassagem e o banho Pérola (banheira de hidromassagem que realiza uma relaxante esfoliação na pele, através de jatos de ar).

No Balneário, também é possível realizar tratamentos faciais, depilação corporal e facial, terapias holísticas e tratamentos de medicina tradicional chinesa, dando ao espaço a característica de um grande spa termal.

helen ofere

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s