Universitários pintam escola pública de Pouso Alegre em trote solidário

Um grupo de estudantes universitários de Pouso Alegre  decidiu mudar a ideia de trotes violentos contra calouros e apostar na solidariedade. Como ritual de entrada na universidade, os estudantes se reuniram para pintar uma escola do município.

“Eu estou muito feliz de poder ajudar. É um trabalho que é pouco, mas é simples, é de coração. E de pouquinho em pouquinho, a gente vai conseguindo fazer diferença, vai deixar uma marca da gente aqui”, explica a estudante de engenharia de produção, Jackeline Pereira Matos.

A ideia do trote solidário surgiu em fevereiro, no início do semestre letivo. Todo o grupo optou por realizar uma boa ação. A escolha pela escola municipal, que fica a poucos metros da faculdade, veio depois de professores e alunos virem a situação do imóvel.

A unidade atende a 800 alunos, em três turnos. As paredes estavam sujas e a pintura em mau estado de conservação. A necessidade de reforma veio desde 2015.

“Sempre a gente notava a escola muito depredada, muito desgastada, por muito tempo. Então, desde o final do ano passado, nós cogitamos tentar ajudar”, explicou o diretor da universidade, Rodrigo de Lima Nascimento, que garante ser só o início. “Começando por essa, a gente pretende em outras oportunidades aplicar em outras escolas”.

Os estudantes conseguiram arrecadar R$ 8 mil para compra das tintas e o material. Um pintor, com experiência de 30 anos, foi convidado como voluntário para coordenar a tarefa. “Fiquei surpreso porque eles estão mandando bem, indo super bem”, afirmou José Ronan.

A ação também teve ajuda de um aluno do 6º ano da escola. “Ajudar a escola a ficar mais bonita, a ficar mais arrumada”, contou Matheus Oliveira Alves, de 11 anos.

Quem veio junto foi o pai de Matheus, que valorizou a atitude dos universitários. “É interessante ele participar conosco desse mutirão, pra que amanhã ele possa também querer ajudar as entidades, ver como funciona o sistema público, que precisa de ajuda. Faça uma ação para poder amanhã ter uma visão como que é o nosso mundo de hoje. É isso que é interessante ensinar os jovens de hoje”, afirma Emílio Ângelo Alves.

 

Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s