Anistia de multas ambientais e sanitárias é aprovada em 2º turno

Deputado Arantes defende que municípios sejam responsáveis por licenças e fiscalização

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou na segunda-feira (13), em 2º turno, Projeto de Lei (PL)1.915/15 de autoria do governador. Um dos principais pontos do projeto prevê o perdão de multas de pequeno valor aplicadas pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e pelas entidades integrantes do Sistema Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema).

Serão perdoadas multas de valor igual ou inferior a R$15 mil aplicadas até o dia 31 de dezembro de 2012, conforme relatadas no boletim de ocorrência e de infração. No caso de multas aplicadas após esta data, ou seja, a partir de 1º de janeiro de 2013 até 31 de dezembro de 2014, e sejam classificadas como leves, serão perdoados os créditos de valor igual ou inferior a R$ 5 mil. Nos dois casos, inscritas ou não na dívida ativa, e ajuizadas ou não a cobrança.

Pela simplificação da aplicação da legislação ambiental

O deputado estadual Antônio Carlos Arantes fez questão de apoiar o projeto desde o início. Arantes defende a simplificação da aplicação da legislação ambiental aprovada no plenário e já encaminhada para sanção do governador. O deputado acredita que os municípios têm competência para promover o licenciamento e a fiscalização ambiental de atividades e de empreendimentos, até mesmo os potencialmente poluidores, conforme previstos no projeto.

Foto:Willian Dias

Foto:Willian Dias

Quando isso é feito somente pelo Estado, temos como consequência uma fila de empreendimentos – muitos até de interesse da própria comunidade – aguardando os passos burocráticos do sistema. Isso pode levar anos de espera e trazer muitos prejuízos para o cidadão. Transferindo essa responsabilidade para os municípios vamos agilizar o processo, trazendo mais desenvolvimento para todos”, defendeu deputado Arantes.

Dívida também poderá ser parcelada

O Projeto de Lei 1.915/15 também permite o parcelamento do crédito estadual não tributário, com os seguintes descontos: até 25% das multas, em seis ou até 60 parcelas iguais e sucessivas; até 50% das multas, em cinco parcelas; até 60% das multas, em quatro parcelas; até 70% das multas, em três parcelas; até 80% das multas, em duas parcelas, e até 90% das multas, à vista.

Juvenal Junot

Oferecimento Xicos

 

Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s