Campanha contra revenda de gás clandestino

Os sindicatos de distribuidoras e revendedoras de GLP (Gás de Cozinha) estimam em algo entre 150 mil e 200 mil o número de pontos de venda ilegais de gás no país. A estimativa é grave porque nestes locais circulam parte dos 99 milhões de botijões de 13kg que estão no mercado brasileiro. Só em Minas Gerais as estimativas apontam a existência de uns 7 mil pontos irregulares.

No Rio Grande do Sul, segundo o Sindicato das Distribuidoras e Revendedoras de Gases do RS (Singasul), de cada seis pontos-de-venda, apenas um é autorizado. Os outros cinco atuam de forma clandestina. Os pontos Irregulares chegam a 20,7 mil.

Em Porto Alegre, a Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) tem 25 agentes para fiscalizar 250 mil estabelecimentos comerciais – uma média de 10 mil para cada fiscal.

O presidente do Singasul, afirma que as empresas em situação irregular não cumprem as normas de segurança.

Elas abastecem 50% da população, mas não possuem alvará, não dão treinamento nem exigem curso de habilitação para o transporte de cargas perigosas – denuncia.

Dados da ANP mostram que 4.147 empresas possuem registro ou estão com processo em andamento. Pelos números do Singasul, os irregulares seriam 20.735. Na Capital, 123 são autorizadas contra 615 supostamente ilegais.

Vamos alertar os consumidores para os riscos das revendas ilegais e identificar os pontos legalizados pela ANP, seus funcionários e caminhões de entrega com o símbolo da campanha, que será divulgada em rádios e outdoors.

Sobre Giácomo Costanti

Email: contato@valeindependente.com.br
Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Campanha contra revenda de gás clandestino

  1. Inconformado disse:

    ihhhh, vai fechar todas daqui de SRS, vomos ter de fogão a lenha, o desmatamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s