PMs de Minas Gerais e Bahia, com apoio do Gaeco, prendem criminoso da lista do Procura-se

Jonathan Henrique é o nono alvo da quarta edição do programa Procura-se a ser preso. A lista inclui 21 alvos considerados prioritários para o sistema de Segurança Pública de Minas

Ação integrada entre militares da Diretoria de Inteligência (Dint) e do Comando de Avião do Estado (Comave), ambos da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), com o apoio de militares da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e de integrantes do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), executaram operação em conjunto  para cumprimento de mandado de prisão em desfavor de um dos criminosos mais procurados do estado de Minas Gerais, na segunda-feira (9/5).

Jonathan Henrique de Assis Teixeira, vulgo Costela, figurava como alvo do programa Procura-se de Minas Gerais. O infrator possuía, no mínimo, quatro mandados de prisão em aberto relacionados a crimes de homicídio e tráfico de drogas. Ele foi preso na cidade de Sobradinho, na Bahia, região do sertão baiano, de onde era suspeito de comandar ações criminosas executadas na região do Barreiro, em Belo Horizonte. Além disso, há suspeitas de que ele tenha ligação com crimes do “novo cangaço”, atuando em ataques violentos a bancos, carros-fortes e transportadoras de valores.

content_procura_se_minas

O apoio do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e da Agência de Inteligência do 41º Batalhão de Polícia Militar (41º BPM), em Belo Horizonte, foram fundamentais para o sucesso da operação.

A ação integra conjunto de operações, orientadas pela atividade de Inteligência Policial Militar, desenvolvidas pelo comando da instituição e direcionadas ao combate qualificado dos crimes de homicídios no território mineiro.

Outras ações semelhantes foram realizadas, recentemente, nas cidades de Joinville (SC), Rio das Ostras (RJ) e Contagem, na Grande BH, com o objetivo de realizar a prisão de criminosos de alta periculosidade procurados pela Justiça mineira por envolvimento em crimes violentos, incluindo homicídios, ataques a instituições financeiras e tráfico de drogas.

Procura-se

A quarta edição do programa Procura-se, lançada em abril de 2021, inclui 21 alvos considerados prioritários para o sistema de Segurança Pública de Minas. A iniciativa busca a prisão de indivíduos foragidos da Justiça, com mandados de prisão em aberto, a partir da qualificação das ações das polícias e das inteligências por meio de denúncias ao 181 Disque Denúncia.

O Procura-se é coordenado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e tem a parceria da Polícia Militar, Polícia CivilCorpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Ministério Público do Estado.

Os procurados desta edição foram escolhidos por todas as instituições considerando a prática reiterada de crimes graves. Parte dos indivíduos listados também possui relação com explosões de caixas eletrônicos no estado e assaltos armados a bancos – prática denominada “novo cangaço”. Além da prisão, a divulgação dos alvos traz o benefício de inibir a circulação desses criminosos.

181 Disque Denúncia

Ao ligar gratuitamente para o 181 Disque Denúncia para dar informações sobre um dos procurados, o cidadão tem sigilo e anonimato garantidos. Ele poderá fornecer detalhes sobre onde atuam, veículos que utilizam, quem são seus comparsas, quais são seus horários, onde foram vistos ou qualquer detalhe que possa contribuir com o trabalho das forças de segurança.

vivavox novo

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s