Indústrias têxteis mineiras recebem certificados do Proalminas

Programa Mineiro de Incentivo à Cultura do Algodão fomenta toda a cadeia produtiva no estado

O Programa Mineiro de Incentivo à Cultura do Algodão (Proalminas) reconheceu 45 indústrias têxteis mineiras, com a entrega simbólica de 56 certificados de participação – algumas com certificação para matriz e filiais.

A cerimônia, realizada em formato virtual, permanece disponível no YouTube da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) neste link. Os documentos são referentes às atividades desempenhadas entre abril de 2020 e março de 2021.

O Proalminas, que completou 18 anos em agosto, é uma importante ferramenta de incentivo a toda a cadeia produtiva de algodão e tecidos no estado. Por um lado, garante benefício fiscal às indústrias que compram o algodão mineiro, reduzindo a carga tributária incidente sobre o produto industrializado. Para o produtor rural, viabiliza incremento da renda, escoamento da produção e avanço tecnológico.

Durante o evento on-line, a secretária Ana Valentini destacou o bom desempenho do Proalminas durante esses anos e a importância de todo o complexo agroindustrial mineiro trabalhar em conjunto. “Nós temos um grande potencial no estado para o crescimento da nossa agroindústria, temos uma agricultura muito diversificada, são mais de 50 itens cultivados com grande expressão econômica que podem, com certeza, ser cada vez mais fortalecidos”, ressalta.

Resultados

Segundo o superintendente de Inovação e Economia Agropecuária da Seapa, Carlos Bovo, a política pública é comprovadamente eficaz, trazendo ganhos econômicos, sociais e ambientais. “É um programa completo e mostra que foi acertada a decisão do governo, há quase duas décadas, em investir e acreditar no setor, porque os benefícios que a gente colhe agora são a pujança na produção de algodão e também de tecidos e outros derivados em Minas Gerais”, explica.

Esses resultados foram atestados por estudo da Fundação João Pinheiro (FJP), realizado em 2020 e apresentado à sociedade em março deste ano. De acordo com a análise, a desoneração fiscal, entre 2004 e 2018, teve retorno de R$ 1,42 para cada real aplicado pelo estado (sendo R$ 0,92 na agricultura e R$ 0,50 na indústria, calculados conforme os valores de 2019). Além disso, a produtividade das lavouras cresceu 89% no mesmo período.

Proalminas

A iniciativa é coordenada pela Seapa e pelas instituições do Sistema Agricultura (Emater-MGEpamig e IMA), em parceria com Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa).

O Proalminas conta, ainda, com recursos do Fundo de Desenvolvimento da Cotonicultura no Estado de Minas Gerais (Algominas), destinados à realização de ações e à instalação de estruturas que impulsionam a competitividade da agroindústria mineira, como a Biofábrica da Amipa, que produz agentes de controle biológico, no Norte de Minas.

Outro exemplo de aplicação do Fundo Algominas é a Central de Classificação de Fibra de Algodão (Minas Cotton), laboratório da Amipa, localizado em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A infraestrutura é referência mundial em precisão da análise do produto, com tecnologia comparável a dois concorrentes gigantes do mercado têxtil internacional: China e EUA.

Durante o evento, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e vice-presidente da Amipa, Flávio Roscoe, agradeceu os esforços do Governo de Minas pela continuidade do programa. “Com certeza este é um dos programas de incentivo fiscal e de desenvolvimento à produção agrícola mais eficiente que nós temos no estado”, afirmou.

Clique aqui e confira as indústrias que foram reconhecidas com o certificado.

nucleo oral ofere

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s