Inatel e Prefeitura de Santa Rita do Sapucaí definem ações do projeto Cidades Inteligentes

O primeiro semestre de 2021 promete ser de muitas pesquisas e definições para o projeto Cidades Inteligentes, encabeçado pelo Inatel junto com parceiros do mercado de Telecomunicações e Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC), que tem o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O projeto piloto prevê a implantação de soluções inteligentes para iluminação, segurança e rastreamento de veículos, dentro do contexto de Internet das Coisas em três municípios: Santa Rita do Sapucaí/MG, Piraí/RJ e Caxambu/MG.

No dia 8 de abril ocorreu, no campus do Inatel, uma reunião com representantes do projeto, eles o diretor do Instituto, Carlos Nazareth Motta Marins, o coordenador do projeto, Leonardo Maia, o especialista em desenvolvimento de negócios do Instituto, Frederico Trindade, o prefeito de Santa Rita do Sapucaí, Wander Wilson Chaves, e o Secretário Municipal Ciências, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Publio Teles.

A previsão é de que os primeiros ensaios e testes de soluções sejam iniciados em junho, no campus do Inatel. Mas ainda este ano algumas soluções já devem ser implantadas no município, como o aplicativo Portal Cidade Inteligente, o monitoramento da frota veicular municipal, entre outras, como a implantação de redes de iluminação inteligente, de videomonitoramento, de leitura de placas de veículos e o monitoramento de consumo de energia em prédios público.

“O projeto iniciado em Santa Rita do Sapucaí será uma vitrine para o mercado de Cidades Inteligentes e mostra a importância da sinergia entre academia, indústria e poder público para benefício do cidadão. Estamos na fase de engajamento e seleção de pessoas que irão participar das pesquisas e implementações, que serão contratados por edital”, afirma Leonardo Maia.

Para o Secretário de Ciências, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico, Publio Teles, a iniciativa traz benefícios social e econômico para o município, propiciando ações de segurança, fiscalização, estimulando o desenvolvimento de soluções tecnológicas envolvendo as empresas do Vale da Eletrônica, além de melhorar infraestrutura, otimizar a mobilidade urbana, criar soluções sustentáveis e outras melhorias necessárias para a qualidade de vida dos moradores.

Atualmente são integrantes do consórcio do projeto as empresas Ericsson, TIM, Deloitte, Nouvenn e Pixel. Novos parceiros e fornecedores poderão participar por meio dos editais que serão abertos em breve.

Outras informações do projeto podem ser acompanhadas no site https://inatel.br/iot-cidades.

ASCOM PMSRS

ofere rui 2021

Esse post foi publicado em Cidade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s