Semana Global de Empreendedorismo começa dia 16 de novembro

Sebrae Minas oferece diversas atividades digitais e presenciais ao longo do mês para inspirar, capacitar e fortalecer a cultura empreendedora no estado

O Brasil tem a quarta maior taxa de empreendedorismo inicial (com até 3,5 anos) do mundo. São 25,6 milhões de pessoas à frente de um empreendimento formal ou informal no país, segundo o IBGE. Minas Gerais responde por cerca de 10% desse contingente (2,6 milhões), boa parte dele envolvida na criação ou condução de um pequeno negócio. Para inspirar, capacitar, fortalecer e disseminar a cultura empreendedora no estado, o Sebrae Minas promove várias atividades durante a Semana Global de Empreendedorismo (SGE).

A 13ª edição da SGE será realizada entre os dias 16 e 22 de novembro, mas a programação de capacitações oferecidas pelo Sebrae Minas se estende ao longo de todo o mês em vários municípios. O tema deste ano é ‘A retomada da economia e o papel do empreendedorismo’.  Serão ofertadas diversas atividades digitais e presenciais, muitas delas gratuitas, sobre temas variados e para diferentes públicos, entre os quais as mulheres. Segundo dados da pesquisa GEM 2019, elas já são metade dos empreendedores em estágio inicial do país.

Cursos, seminários, palestras e webnários sobre marketing digital, empreendedorismo, crédito e finanças, vendas, tendências do varejo, atendimento, desenvolvimento econômico local, entre outros temas, fazem parte da programação da GEM 2020 em Minas Gerais.

A Semana Global do Empreendedorismo é um movimento que acontece simultaneamente em mais de 180 países e tem como principal objetivo disseminar a cultura empreendedora. Em 2019, a SGE mobilizou no Brasil mais de 1,7 milhão de pessoas, com cerca de 14 mil atividades, que envolveram 1,8 mil parceiros em 2,3 mil municípios. A versão brasileira é a maior do mundo, com sete premiações internacionais.

 Pequenos negócios puxam a retomada

Apenas nos nove primeiros meses de 2020, 269.557 pequenos negócios foram registrados em Minas Gerais, um aumento de 4,93% em relação ao mesmo período do ano passado. O levantamento do Sebrae Minas, com base em dados da Receita Federal, considera o somatório de registros de microempreendedor individual (MEI), micro e pequena empresa (MPE).

O resultado positivo é puxado pela formalização dos MEI, que teve um aumento superior a 7% no período. Minas Gerais já reúne 1.232.139 microempreendedores individuais (MEI), cerca de 11% do total de formalizados em todo o país. Entre janeiro e setembro de 2020 foram registrados 158.973 MEI no estado, um aumento de 14,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

ASCOM SEBRAE MINAS

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s