Ipem-MG mantém segundo lugar em ranking nacional

Mesmo diante do cenário imposto pela covid-19, instituto se destaca na prestação de serviços à sociedade

Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem-MG) alcançou o segundo lugar no ranking nacional que considera o número de serviços realizados de janeiro até a primeira quinzena de setembro deste ano. O levantamento é realizado pelo Sistema de Gestão Integrada do Inmetro (SGI).

Os dados demonstram que o Ipem-MG conseguiu verificar grande número de estabelecimentos e serviços, mesmo diante das dificuldades em razão da pandemia de covid-19. Como resultado, os trabalhos contribuem para um mercado mais competitivo ao empreendedor mineiro e, consequentemente, melhor para a sociedade.

Para o secretário adjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), Fernando Passalio, além de um órgão fiscalizador, com poder de polícia, o Ipem-MG exerce importante função na aferição de vários itens que são alvo de consumo. Desse modo, desempenha papel relevante na relação entre o consumidor e o setor produtivo.

“Nessa nova gestão, o órgão tem trabalhado para apoiar quem empreende. Estamos realizando ações junto aos segmentos mais autuados, procurando mitigar essas autuações, conscientizando os empresários de boa-fé, para que eles saibam atuar de forma a prevenir essas autuações e tenham melhor relação no mercado”, afirma.

A diretora-geral do Ipem-MG, Melissa Martinelle, destaca que esse resultado é reflexo do trabalho em conjunto que vem sendo realizado entre a direção e os servidores do instituto.“Estamos realizando um trabalho compartilhado entre as diretorias, gerências e servidores, para que as decisões e resoluções dos problemas sejam sanadas com êxito. Acreditamos que essa diretriz de governo favorece o empreendedorismo sustentável e, com isso, toda a sociedade sai ganhando”, ressalta Melissa.

Foto: Omar Freire/Imprensa MG

Termômetros digitais

Um dos principais serviços realizados pelo Instituto nesses nove meses foi a verificação inicial dos termômetros digitais e medidores de pressão arterial (esfigmomanômetros), em razão do aumento do consumo desses itens no mercado neste momento de pandemia. Durante o período, fiscais do Ipem-MG verificaram mais de 250 mil termômetros e 50 mil aparelhos de pressão.

A verificação inicial é aquela realizada em instrumentos novos, geralmente nas dependências dos fabricantes, antes de serem comercializados. Nesse tipo de verificação são realizados exames de conformidade de modelo, ensaio de medição, e inseridas as marcas de verificação e selagem. 

Ipem-MG

O Ipem-MG é uma instituição vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede) e um órgão delegado do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Executa serviços essenciais para a concorrência justa do mercado de consumo mineiro e nacional, e também atua na proteção ao cidadão em suas relações de consumo.

Dentre os serviços e produtos verificados e fiscalizados pelo Ipem-MG estão os postos de combustíveis; produtos pré-medidos, que são aqueles embalados sem a presença do consumidor, como os itens da cesta básica; veículos transportadores de cargas perigosas (combustíveis, ácidos); produtos de certificação compulsória (brinquedos, pneus, preservativos), entre outros.

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s