Setor moveleiro mostra força e contribui para recuperação econômica

Permanência das pessoas em casa aumentou a demanda por móveis novos

A quarentena imposta pela pandemia do novo coronavírus deixou muitas pessoas dentro de casa. Além do habitual descanso, o lar se tornou local de trabalho e, mais do que nunca, de aconchego e sociabilidade. Nesse sentido, o setor de móveis sentiu o aumento da demanda por suas peças, especialmente no comércio eletrônico. De acordo com pesquisa da Associação Brasileira de E-Commerce (ABComm), no período de 9 a 25 de abril deste ano, a categoria teve um aumento nos pedidos de 47,59%. De acordo com o levantamento, o setor de móveis e decoração foi um dos quatro que apresentaram o maior crescimento nas vendas.

“Com a permanência das pessoas em casa, elas acabaram percebendo a necessidade de mudança e de algumas reformas. Isso está impactando o nosso setor e trazendo, de forma satisfatória, retorno para os lojistas de Passos e região. Hoje temos a necessidade de contratar mais e ampliar fábricas. Temos nessa crise uma oportunidade”, contou Marcelo Coimbra, diretor de Comunicação Associação Comercial e Industrial de Móveis de Passos (Acimov).

A afirmação de Coimbra vai ao encontro da avaliação de Claudinei Lopes Bonfim, proprietário da Independência Móveis. Segundo Bonfim, as vendas on-line já representam 30% dos pedidos mensais da sua loja e foi preciso se adaptar para atender a demanda. “Tenho cinco funcionários em treinamento na minha fábrica e uma vendedora na loja para efetivar a contratação. Precisei aumentar minha equipe, pois hoje temos uma demanda mensal com 60 pedidos a mais, além das vendas no atacado, que também aumentaram”, comemorou o proprietário.

Bom desempenho ajuda na economia local
E o aumento das vendas do setor de móveis reflete diretamente na economia de Passos, no Sudoeste de Minas Gerais, que é um importante polo moveleiro, especialmente no desenvolvimento de peças rústicas. “O município conta com 86 empresas do setor de fabricação de móveis com predominância de madeira, o que representa 30% da indústria de transformação local. O setor é responsável por mais de 500 trabalhadores formais, ou seja, 13,1% dos empregos com carteira assinada da indústria de transformação”, explica o analista da gerência de economia e finanças empresariais da FIEMG, Marcos Marçal.

4ª Expo Móveis Rústicos
E para atender a um público cativo e que procura por qualidade e peças exclusivas, a Expo Móveis Rústicos de Passos se reinventa e realiza a primeira edição virtual do evento, que já faz parte do calendário do setor moveleiro. Nos dias 24, 25 e 26 de setembro, fabricantes e expositores vão apresentar suas peças em uma ferramenta digital que vai possibilitar a realização de negócios no atacado e varejo.

O evento é uma realização da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Sindicato das Indústrias de Mobiliário e de Artefatos de Madeira do Estado de Minas Gerais (Sindimov-MG) e da Associação Comercial e Industrial de Móveis de Passos (Acimov) e conta com o apoio da Prefeitura Municipal, da Associação Comercial e Industrial de Passos (Acip) e da Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade (CDL).

Serviço: 4ª Expo Móveis Rústicos de Passos
Quando: 24, 25 e 26 de setembro de 2020
Atendimento à imprensa: (31) 3263-7753/ 4444/ 4555
Mais informações: http://expomoveisrusticos.com.br/

ASCOM FIEMG

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s