Vendas online dão fôlego aos pequenos negócios

A maioria das empresas (57,7%) que conseguiu aumentar as vendas no período da pandemia investiram nessa modalidade

Entre os pequenos negócios mineiros que conseguiram aumentar as vendas no período da pandemia – apenas 4,2% do total de empresas pesquisadas no estado – a maioria (57,7%) afirma ter melhorado os resultados por terem investido nas vendas online. É o que mostra a 4ª edição da pesquisa O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios, realizada pelo Sebrae entre 29 de maio e 2 de junho.

O levantamento mostra que a maior parte dos pequenos negócios mineiros (59%) vendem online, seja por meio das redes sociais, aplicativos ou internet.  Deste percentual, 45% disseram que já vendiam online antes da pandemia, mas 14% passaram a vender nessa modalidade depois da crise. O WhatsApp é a principal ferramenta de venda para a maioria dos entrevistados (84,3%), seguido pelo Instagram (55,2%).

O número de pequenos negócios que investiram em vendas por meio de site próprio aumentou significativamente em relação ao último levantamento feito pelo Sebrae: de 5% para 14,7%. Já as vendas por telefone e aplicativos móveis como, iFood, Uber Eats, Rappi, GetNinjas e outros, caiu de 10% do total de empresas ouvidas na terceira edição da pesquisa, realizada entre 30 de abril e 5 de maio, para 7,9% na 4ª edição.

A pesquisa ouviu 481 empresas em Minas Gerais e 7.403 empresas no Brasil. Mais da metade (51%) da amostra do estado atua no setor do comércio, 40% em serviços, 4% na indústria e 3% na construção civil. 

Vendas online

Você vende utilizando redes sociais, aplicativos ou internet, por exemplo, Whatsapp, facebook, instagram, etc.

Sim, já vendia antes da pandemia: 45%

Não, não sei como isso se aplica ao meu negócio: 19%

Não, mas gostaria em breve: 16%

Sim, passei a vender por causa da crise: 14%

Não vendo e nem pretendo: 6%

Por qual desses canais você vende?

WhatsApp: 84,3%

Instagram: 55,2%

Facebook: 48,2%

Site próprio: 14,7%

Vendas por telefone e aplicativos móveis (iFood, Uber Eats, Rappi, GetNinjas e outros): 7,9%

ASCOM SEBRAE MINAS

Esse post foi publicado em Noticias de Minas Gerais. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s