Aluna da FAI é premiada em Concurso Literário de Logosofia

    Solange Aparecida Rodrigues, ​ do 3º ano B de Administração, ficou em 6​ª​ lugar no Concurso

so1A curiosidade sobre a Logosofia foi a motivação que levou a aluna do 3º ano B de Administração da FAI, Solange Aparecida Rodrigues, ​ a participar do Concurso Literário de Logosofia – categoria Universitários, promovido pela Fundação Logosófica com o objetivo de divulgar o conhecimento sobre o assunto e estimular a reflexão sobre importantes aspectos da vida. A partir da leitura do livro “Logosofia Ciência e Método”, de autoria do pensador humanista argentino e criador da Logosofia, Carlos Bernardo Gonzáles Pecotche, os acadêmicos deveriam produzir um texto.

E veja o resultado: Solange ficou em 6​ª​ lugar com a redação: “A chave para abrir o tesouro” (foram premiados os dez melhores classificados), recebeu ​um Ipad de 32 Gb de presente, participou de um jantar na véspera da premiação com os demais vencedores e ainda foi contemplada  com um tour pela cidade do Rio de Janeiro.

Solange não é iniciante na literatura. Desde os tempos de colégio já enveredava por este universo.  Conta ela: “Já havia participado de alguns projetos envolvendo redações como a Olimpíada de Português no ensino fundamental. Na oitava série participei do EPTV na escola e cheguei a conhecer o EPTV de Varginha pela minha redação.”

 A cerimônia de premiação ocorreu em 9 de agosto, na sede da Fundação Logosófica no Rio de Janeiro.

SOBRE A LOGOSOFIA

De acordo com os estudos de Solange, a primeira sede da Fundação Logosófica foi criadaso2 na cidade de Córdoba, Argentina, em 1930.

A Logosofia tem como objetivo promover o conhecimento de si mesmo, dos semelhantes e do nosso mundo mental e metafísico. Além disso, busca conectar o homem com o seu Criador: posso conhecer a Deus se conhecer a mim mesma, porque de todas as obras Dele eu sou a mais próxima e mais acessível.

Portanto, é um novo caminho para guiar o ser humano a encontrar soluções dentro de si mesmo para depois contribuir com o semelhante e buscar resolver os problemas que afligem a humanidade.

“Quero deixar meu eterno agradecimento à Fundação Logosófica e a todas as pessoas que contribuíram para a realização desse projeto. Cada pessoa que conheci tornou-se especial. Aos outros participantes que tive contato guardo um eterno carinho, são pessoas extraordinárias e com pensamentos e modos de ver a vida incríveis.  Aos que se interessarem em conhecer esses novos conceitos e a Logosofia, convido a acessar o site http://www.logosofia.org.br/ .”

 A chave para abrir o tesouro

“Deparei-me com a Logosofia aos 19 anos quando, no meio de um intenso fluxo de informações, imposições da mídia, na correria para o aprendizado da faculdade, na ânsia de vencer e prosperar a curto prazo, simplesmente parei. Indaguei-me: qual é a essência da vida? Conheço a mim, aos outros e a Deus? O que seremos no futuro? E o mais importante: por que temos tanta pressa de alcançá-lo? Tinha que existir algo maior que tudo do que eu conhecia e era esse tesouro desconhecido que me aventurei a procurar.  O tesouro, esse que conteria as respostas para a inquietude do meu ser.

Qual não foi a minha surpresa ao encontrar o tesouro em mim: espiritualmente, psicologicamente e fisicamente. Agora restava a procura pela chave… Ahhh a chave para abrir o meu tesouro. Pecotche me mostrou onde ela estava: na Logosofia.

Todas as minhas dúvidas existiam em grande parte porque nunca parei para refletir sobre elas, eu sempre estava no “automático”. Quando aprendi a reconhecer que as respostas vinham por meio da minha consciência, comecei a entender que para conhecer a mim deveria analisar-me e que, quando me encontrasse, conheceria a Deus porque de todas as obras Dele eu sou a mais próxima e mais acessível. Percebi que a pressa é a causa da nossa alienação, não paramos para desvendar a essência das coisas, das pessoas e do nosso meio.

Eu mudei. Percebi que tenho um mundo mental e que é habitado por meus pensamentos, que são palpáveis quando uso meu entendimento e visíveis quando utilizo minha inteligência. Constatei que tenho o labor de vigiar os meus pensamentos o tempo todo e selecionar aqueles que trarão benefícios e me encaminharão para uma vida consciente.        Por meio da Logosofia compreendi os meus desejos: a liberdade para minha alma, meus pensamentos e para o meu coração, desafios, ser feliz em minhas escolhas, quero amar e ser amada, quero ajudar a quem precisa e ser ajudada, quero chegar ao fim da vida e saber que tudo o que eu fiz teve propósito. Quero conhecer intensamente o oceano profundo do meu ser. Agora, tenho uma ciência e um método para isso.

Ora, depois de muito pensar, entendi uma das minhas maiores aflições: obter realização humana e profissional plenos em curto prazo? Jamais! O que terei é apenas o meu domínio mental trabalhando incansavelmente e gradualmente e a Logosofia como uma bússola. Assim, com essa bússola, irei percorrer o meu longo caminho…o caminho do aperfeiçoamento, da dedicação, do esforço em aprender, do estudo e da evolução consciente que me levará aos lugares que almejo.

Ao olhar o livro: “Logosofia Ciência e Método” pela primeira vez, confesso que utilizei meus olhos céticos e, assim, duvidei de que tais ensinamentos pudessem modificar por inteiro a vida de uma pessoa. Envergonho-me em dizer que achei que o abandonaria em minha estante quando lesse as primeiras páginas. Só que, ao me aprofundar nas linhas e entrelinhas da obra, fui me apaixonando pelo acesso ao conhecimento Logosófico. Surpreendi-me ao conhecer e entender o funcionamento do sistema mental, sensível, com a faculdade de pensar e com tantos outros conceitos que nem sequer conhecia. Libertei-me das algemas iniciais que me acorrentaram em primeiro instante e me entreguei por completo a absorver as diretrizes desse exemplar.

Não quero mais parar com esse estudo. Sei que falta muito a aprender, mas chego nesse instante ao ensinamento mais precioso do meu tesouro. Um futuro pensante desejo ter.”Oferecimento Rei Novo

 

 

Esse post foi publicado em INFORMATIVO FAI. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Aluna da FAI é premiada em Concurso Literário de Logosofia

  1. Mauricio de Souza disse:

    Pseudociência formado de dogmatismo. Não se distancia em nada das demais muletas psicológicas usadas pela humanidade ao longo de sua busca por algo que o conforte da realidade e lhe dê, de certa forma, um afago em seu ego. Como já tem feito as religiões por muito tempo.
    Buscar a Transcendência, como a logosofia propõe, à descaracteriza de ser uma ciência e a coloca na mesma prateleira das demais religiões e das ideias que buscam de toda forma dar uma maior importância ao ser humano além da que lhe é devida naturalmente.
    Li sobre, pesquisei sobre e descartei por ser totalmente irrelevante.

    • Tristan Riet disse:

      Estimado Mauricio,por lo que expressa se ve que nunca abrio um libro de Logosofia.Le digo esto porque entre las primeras cosas que uno lee em los libros de Logosofia es que el autor nos pide que no creyamos em sus palavras,que las experimente.Por lo tanto si Logosofia,es experimental no se puede relacionarla com ninguna religion.Para terminar Logosofia me enseño a pensar y sentir sin preconceptos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s