Presídio de Itajubá completa 4 anos e inaugura mais um galpão de trabalho

No último dia 13 de novembro, o Presídio de Itajubá completou 4 anos de funcionamento e na oportunidade inaugurou mais um galpão de trabalho de 550² metros que foram construídos por 05 empresas parceiras da Unidade que são: a Montec, Vilma Artigos Religiosos, DS Potencial, Ideia Ativa e Y Confecções. Com este empreendimento, soma três galpões de trabalho na Unidade, ressaltando que o investimento foi privado.

O Presídio de Itajubá nesses 4 anos de funcionamento, se consolidou no setor de ressocialização na locação de reeducandos trabalhando que são aproximadamente 150 presos nas atividades laborativas tanto em trabalho interno, como externo e com a construção do novo galpão, esse número ultrapassará os 200 reeducandos trabalhando. A Unidade hoje conta com 17 parcerias, entre as mencionadas consta ainda Prefeitura Municipal de Itajubá, Prefeitura Municipal de Piranguçu, Moletok Confecções, Panificadora Lopes, Stillus Alimentação, Truss Armações Metálicas, PKC Group e FRIVASA.

Além do trabalho, a Unidade oferece aos reeducandos escola em parceria com a Escola Estadual Major João Pereira, referência em ensino estadual e cursos profissionalizantes como horticultura, agricultura orgânica, artesanato, alvenaria e corte e costura.

O Diretor de Ressocialização Leandro Palma, que está à frente do Setor desde seu inicio, relata que projetou o Presídio com presos trabalhando, mas confessa que superou suas expectativas, sendo que a Unidade tornou-se referência no Estado de Minas Gerais.

De acordo com o Diretor Geral Rodney Dantas, que completou 10 meses a frente da Unidade, relatou que quando chegou a Itajubá enxergou uma nova realidade no Sistema Prisional e focou nesta linha de trabalho. Na oportunidade, mostrando seu espírito de líder, homenageou entregando medalhas a todos os servidores do Presídio de Itajubá e uma placa de agradecimento aos empresários parceiros da Unidade. A noite foi oferecido um coquetel a todos os servidores e convidados. Sem dúvida demonstrando seu carinho e respeito com sua “tropa”.

O evento contou com a presença do Subsecretário de Administração Prisional, Dr. Murilo Andrade, que elogiou o trabalho que vem sendo realizado na Unidade e anunciou que o Presídio passará por uma ampliação dobrando sua capacidade de presos.Oferecimento sos-bebidas

Esse post foi publicado em Itajubá. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Presídio de Itajubá completa 4 anos e inaugura mais um galpão de trabalho

  1. Maria Lúcia disse:

    Inúmeros itens poderão ser levados aos presos no dia de visitas, ou enviados através dos correios aos presos. Em caso de envio pelos correios, é importante lembrar que o remetente da carta (quem envia) deve estar incluso no rol de visitantes do preso, sob pena de serem recusados os produtos.
    A lista com os itens permitidos e as respectivas quantidades segue abaixo. Ressalto que esses itens e quantidades podem variar de acordo com a unidade prisional, então, é importante que confirmem na Administração Penitenciária a possibilidade de entrada desses produtos.

    I – Produtos Alimentícios

    01) Comidas prontas em geral, acondicionadas em recipientes transparentes, à razão de 01 (um) quilograma de alimento por pessoa (sentenciado mais visitantes); Nota: somente este item 01 é permitido a entrada no sábado e no domingo;
    02) Refrigerante Pet, em embalagem transparente, não congelada e lacrada, no máximo 02 (duas) unidades/semana por sentenciado (embalagens vazias devem ser recolhidas);
    03) Frutas de época, fatiadas até 500 gramas/semana por sentenciado, dentre as seguintes: manga (s/casca e s/caroço), melão (fatiado s/casca), maça, pêra, banana, goiaba, caqui, melancia (fatiada s/casca), abacate (fatiado s/casca), laranja e mexerica;
    04) Frios, fatiado e acondicionado em embalagem transparente, até 500 (quinhentos) gramas/semana por sentenciado;
    05) Açúcar – até 01 (um) quilograma/semana por sentenciado;
    06) Balas industrializadas, em embalagem transparente e sem teor alcoólico – até 500 (quinhentos) gramas/semana por sentenciado;
    07) Bolachas e biscoitos industrializados (exceto tipo waffer e recheados) – até 500 (quinhentos) gramas/semanal por sentenciado;
    08) Bolos industrializados fatiados – até 500 (quinhentos) gramas/semana por sentenciado;
    09) Chocolates em barras ou tabletes e doces industrializados, em embalagem transparente e cortados – até 300 (trezentos) grama/semana por sentenciado;
    10) Chocolate em pó, em embalagem transparente – até 400 (quatrocentos) gramas/semana por sentenciado;
    11) Leite em pó ou similar, em embalagem transparente – até 500 (quinhentos) gramas/semana por sentenciado;
    12) Pão de forma industrializado ou torradas – até 01 (um) pacote/semana por sentenciado;
    13) Manteiga ou margarina – pote de 250 gramas/semana por sentenciado;
    II – Objetos de higiene pessoal e limpeza

    14) Creme dental – 01 (um) tubo de até 90 (noventa) gramas/semana por sentenciado;
    15) Creme de barbear – 01 (um) tubo/semana por sentenciado;
    16) Creme para a pele – 01 (uma) unidade/mês por sentenciado;
    17) Desodorantes (bastão, roll-on ou creme) sem álcool – 01 (uma) unidade/semana por sentenciado;
    18) Escova dental – 01 (uma) unidade/semana por sentenciado;
    19) Fita ou fio dental – até 01 (uma) unidade/semana por sentenciado;
    20) Sabão em pedra – até 02 (duas) unidades/semana por sentenciado (exceto azul e amarelo);
    21) Sabão em pó – até 01 (um) quilograma/semana por sentenciado;
    22) Sabonete – até 02 (duas) unidades/semana por sentenciado (exceto azul e amarelo);
    23) Xampu em embalagem e produto transparentes – até 500 (quinhentos) mililitros/semana;
    24) Papel higiênico – até 02 (dois) rolos/semana por sentenciado;
    25) Barbeador descartável de cabo plástico – até 02 (duas) unidades/semana por sentenciado;
    26) Cotonetes – 01 (uma) caixa/mês;
    27) Anticéptico Bucal, sem álcool em embalagem transparente – 01 (um) frasco/mes;
    28) Detergente neutro – 01 (um) frasco pequeno de 500 ml/semana;
    29) Desinfetante – 01 (um) frasco de 500 ml/semana;

    III – Demais objetos de uso próprio e comum:
    30) Cortador de unha tipo trin (controlado pelo Setor de Inclusão / Núcleo de Segurança);
    31) Esponja para lavar utensílios (01) uma unidade/semana;
    32) Escova plástica para lavar roupa (exceto na cor azul e amarela);
    33) Antena de TV – 01 (uma) por cela (controlado pelo setor de Inclusão / Núcleo de Segurança);
    34) Cabo para antena tipo fita – metragem determinada pela Unidade, conforme necessidade (controlado pelo Setor de Inclusão / Núcleo de Segurança);
    35) Cigarro – 20 (vinte) maços de cigarro ou 200 (duzentos) gramas de fumo desfiado e 200 (duzentas) palhas para cigarro;
    36) Espelho com moldura plástica n° 12 – 01 (um) por cela, afixado na parede (controlado pelo Setor de Inclusão / Núcleo de Segurança);
    37) Fotografias de familiares – até 10 (dez) fotografias por sentenciado;
    38) Isqueiro transparente tipo bic ou similar – até 01 (uma) unidade/mês por sentenciado;
    39) Rádio portátil – 01 (um) por cela, somente a energia elétrica (exceto marcas Motobrás e Livistar, tamanho máximo 30 cm.de largura), com nota fiscal (controlado pelo Setor de Inclusão / Núcleo de Segurança);
    40) Televisor até 14 (quatorze) polegadas, sem controle remoto e com nota fiscal – 01 (um) por cela (controlado pelo Setor de Inclusão / Núcleo de Segurança).
    Essa é uma lista diferente da Itajubá, porque? Não deveriam ser para todos os presídios…?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s