Exército decide dar proteção a Joaquim Barbosa e cria zona de conflito com Dilma Rousseff

joaquim_barbosa_091Temperatura alta – Azedou a relação entre o Palácio do Planalto e a cúpula do Exército brasileiro. Sem que a presidente Dilma Rousseff fosse consultada, o Exército destacou os melhores e mais preparados oficiais da inteligência para dar proteção diuturna ao ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do Mensalão do PT (Ação Penal 470). Ao criar o esquema que dá garantia de vida a Joaquim Barbosa, que tem ojeriza a esse tipo de situação, o Exército, que se valeu de militares cedidos à Agência Brasileira de Inteligência, acabou passando por cima da Presidência da República, do Ministério da Justiça e da cúpula da Polícia Federal, que por questões óbvias não foram consultados, mas a quem, por dever de ofício, caberia a decisão. Outros dois ministros do Supremo, Ricardo Lewandowski e José Antônio Dias Toffolli, reconhecidamente ligados ao Partido dos Trabalhadores e a alguns dos seus mais altos dirigentes, também contam com escolta, mas da Polícia Federal. O esquema criado para o ministro-relator não se limite à proteção física, mas inclui também monitoramento constante de ambientes e do sistema telefônico utilizado pelo magistrado. A proteção ao ministro Joaquim Barbosa foi uma decisão tomada pelo alto comando do Exército e pelo general José Elito, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. Esse episódio, que tem como palco a necessária proteção a Joaquim Barbosa, deve aumentar a tensão entre Dilma e os militares, que ganhou reforço extra com a criação da Comissão da Verdade, que investigará apenas os crimes cometidos por agentes do Estado durante a ditadura, deixando de fora os protagonizados pelos terroristas que chegaram ao poder no vácuo de um discurso fácil, repetitivo e mentiroso.

oferecimento guincho2

Esse post foi publicado em Justiça. Bookmark o link permanente.

10 respostas para Exército decide dar proteção a Joaquim Barbosa e cria zona de conflito com Dilma Rousseff

  1. Rosalino disse:

    Prezado Giacomo, com todo respeito, acho que esqueceram de orientar o jornalista que produziu o texto que existe um limite entre um texto informativo, jornalístico e um artigo de opinião. Nesse caso, o final do texto desqualificou a notícia, que parece ter sido escrito por quem tem saudade da ditadura militar no Brasil. Já que podemos nos expressar e discordar, peço ao colega que estude um pouco de História e dê graças aos “terroristas e mentirosos” por existir mecanismos de expressão livres como o Vale Independente. E, por ética jornalística, assine a matéria ou indique sua fonte.

    • Diego disse:

      Faço suas minhas palavras. E essa comissão é pouco. Todos os países da america latina já reviram suas respectivas leis de anistia. Além disto, se são mentiras infundadas, estranha-me muito a crítica a comissão supra citada. Texto um tanto incoerente e digo mais, esse caso já é antigo, não é de hoje. Você acha facilmente na internet com data de 2 meses atrás.

    • disse:

      Nem no Google encontra essa matéria… kkkk

  2. pedro disse:

    O EXERCITO TEM TODA A RAZAO DE DAR SEGURANÇA PARA O MINISTRO , POIS OS BANDIDOS SAO DO PT, ELES E QUE NAO VAO MANDAR A POLICIA FEDERAL DAR SEGURANÇA.

  3. paulinho disse:

    regime petista e comunista financiado pela Russia indiretamente usando poderes escuros como pode médicos cubanos pais comunista nao deu certo receber quase 7 bilhões pra mandar médicos pro brasil sera são médicos mesmo ou agentes infiltrados no meio desses médicos? brasil viro cuba com pt no poder vai piorar mais teremos ser salvo mas uma vez pelos militares exercito

    • Mauricio de Souza disse:

      Paulinho você ainda está vivendo do passado com medo do regime comunista de CUBA ?
      Se atualize rapaz. Leia mais e procure saber sobre a democracia em que você vive. Quem sabe você descubra que a guerra fria já acabou a muiiiiiito tempo.

  4. Eduardo disse:

    É incrível como existem “pessoas” que ainda defende aquele bando de TERRORISTAS sim!!Fazer o que fizeram para derrubar um governo é sim considerado terrorismo que inclusive fazia parte essa mascarada e assassina chamada Dilma Rousseff. Porque investigar apenas s militares??É muito fácil para esses “protetores” de mentira do pobres criticar o regime militar que nosso país viveu, inclusive, o ponto que o governo mais bate em cima é sobre esta questão pós 64. Quem deveria aprender a escrever história é esse bando de malandros que estão no governo e não distorcer o que o país viveu. Graças a eles o país teve sua evolução, ao contrário do governo PT que só vem acabando com o Brasil.

    FORA PT E BASE ALIADA.

    Só os militares podem dar jeito sim no BRASIL!!!

    ACORDA BRASIL!!!

  5. Rosalino disse:

    É sempre assim, contra o diálogo eles logo apelam para a truculênica, um grita e o outro desenterra a guerra fria. Viva a democracia!!! Vamos estudar moçada?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s