Vale Independente informa

Que por orientação da Procuradoria de Justiça da Comarca de Santa Rita do Sapucaí, através DD. Dr Francisco Eugênio Coutinho, não irá vincular matérias que contenham os nomes dos atuais políticos, assim como de prováveis candidatos, que possam configurar auto promoção, a partir presente data.

As matérias de reuniões Oficiais da Câmara poderão ser postadas ou não de acordo com a vontade da Redação do Vale Independente.

Esse post foi publicado em Justiça, Política. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Vale Independente informa

  1. Hutger disse:

    É muita frescura do MP por pouca coisa. Temos de saber os prováveis candidatos SIM. É um direito de todo cidadão garantido pela CF/88. Agora relativo a pessoas que são presas e deliberadamentes são soltos o MP não diz nada, CALA-SE, referente os mandos e desmandos do Executivo curva-se a favor do mesmo, MP não é para proibir vinculação de quem pretende ocupar cargos tanto no executivo quanto no legislativo e sim defensor das LEIS, uma nota 0 (zero) para o MP. Pode divulgar amigo Giácomo, estamos amparados pela Lei de Imprensa. Ou seja, o que for veiculado aqui está garantido em LEI, pois não citamos nomes e sim o cargo de quem mora em PA e não está nem aí com SRS. (A lei nos protege também senhor promotor).

  2. Otimista disse:

    Giácomo, o colega acima está coberto de razão…que País estamos…não é aqui o País da liberdade de imprensa…da roubalheira…da corrupção….dos desmandos de nossos políticos, salvo alguns bem poucos! Imprensa é isto, para informar, para esclarecer, para discutir não é isso que o Blog também tem como missão? O Ministério Público está apenas orientando, não proibindo, acho que sem razão, pois temos que saber quem são os candidatos e votar certo e não continuar votando errado!!! Continue sim, pois este ano seu blog para para 10 milhões de acessos, quer apostar??? Agora só uma pergunta, por acaso essa orientação por trás não tem político?!

  3. Márcia disse:

    Sendo uma orientação feita pelo Promotor cabe ao Vale Independente decidir seguir ou não. Orientação não é sentença judicial transitada em julgado.
    O que se esta tentando fazer é intimidar o jornal para que o povo não saiba, com riqueza de detalhes, o quanto os funcionários públicos municipais estão lesando o município/povo.
    É triste, mas vai terminar em pizza! E o povo se f…

  4. Paulo de Tarso Outeiro Araújo disse:

    Verdade! Se há condenação em processos públicos, não consigo engolir o Ministério Público ficar acobertando ou omitindo informações. Só um juiz pode impor um sigilo para manutenção da ordem ou apuração de fatos. Se tem condenação no TJMG amoralidade administrativa exige a aplicação da Lei da Ficha Limpa com ampla publicidade.

  5. Otimista disse:

    Todos os comentários acima…concordo com todos Gíácomo!!!
    Acho que estão tentando intimidar o Blog!!!
    Vai em frente!!

  6. Ana Luiza disse:

    Bem vindos ao Irã!!! Lá é que não pode ter internet…

  7. Rodrigo Lima disse:

    Acredito que as pessoas acima deveriam tentar se informar melhor acerca da legislação eleitoral existente no país. Estamos em ano de eleição, e qualquer tipo de autopromoção, ou promoção efetivada por terceiros, de nomes que virão a ser candidatos à cargos eletivos, seja do executivo ou do legislativo, somente poderá ser efetivada à partir de julho deste ano. Qualquer notícia, comentário ou publicação com o sentido de se promover algum nome para as eleições é considerado crime, e responsabiliza não só a pessoa promovida como quem a promoveu… e isso vale também para a imprensa. O Giácomo, que conversou pessoalmente com o Dr. Francisco Eugênio, entendeu a colocação deste, tanto que, sabiamente, a acolheu. Aliás, a notícia por ele vinculada foi clara ao afirmar que somente não poderão ser vinculadas notícias que “possam configurar autopromoção”. Em nenhum momento foi especificado que questões referentes à ficha limpa não poderão ser publicas, mesmo porque tais informações são, via de regra, públicas.

  8. Rodrigo Lima disse:

    De igual forma não consta no texto apresentado pelo Giácomo que o blog não poderá continuar a trazer ao conhecimento de todas as irregularidades que forem constatadas na administração, desde que não tenham cunho político ou eleitoreiro. Simplesmente foi recomendado pelo Dr. Francisco que matérias que possam configurar autopromoção de candidatos, sejam elas quais forem (como inaugurações, festas, atos praticados por vereadores que sejam candidatos à reeleição, etc.). Não se está proibindo a imprensa de agir, mas apenas a orientando a proceder em conformidade com a lei eleitoral. Realmente não cabe ao Ministério Público proibir a vinculação de qualquer matéria junto ao blog, papel este que cabe ao Poder Judiciário. Mas tem o Ministério Público a obrigação de fazer com que a legislação eleitoral seja observada e tomar as providências cabíveis em caso de seu descumprimento. Por fim, àqueles que acham que o Ministério Público em Santa RIta não tem agido de forma eficiente, fica o convite a comparecerem à Promotoria de Justiça e se inteirarem das questões que tiverem dúvidas e tomarem ciência das ações efetivadas.

  9. Povão disse:

    Realmente Sr. Rodrigo, o Ministério Público tem a obrigação de fazer que a legislação eleitoral seja cumprida, porem nesse momento esta tramitando na Promotoria muitos outros processos de relevante importância e de grande repercusão na cidade e esperamos que casos como estes também sejam avaliados e analizados na integra não acha?

    • Hutger disse:

      Exatamente… mas a defesa do MP apresentada pelo Sr. Rodrigo é à mando, e não de opinião do mesmo, não acham??? Este foi muito mal orientado, tentando distorcer os fatos aqui narrados e citados por todos.
      Abraços

  10. Rodrigo Lima disse:

    Sinto muito desapontar alguns, mas trabalho no Ministério Público há 11 anos e não tenho um pingo de medo de demonstrar a minha opinião sobre o assunto, inclusive não me escondendo atrás de pseudônimos. Aliás, já li certa vez aqui algo que isso não mais ocorreria no blog, mas acho que passou batido. Não há distorção de fatos, mas sim esclarecimento acerca do que foi orientado ao responsável pelo blog. Povão, sinta-se a vontade para listar estes casos que falou aqui no blog, ou então, como eu disse, comparecer a promotoria para saber como estes estão sendo resolvidos ou se não estão sendo. Mas ai tem uma coisa, você não vai poder usar pseudônimo não. Grato, Rodrigo.

  11. Jaime Amaral disse:

    BLABLABLA A PARTE, CERTO É QUE PRECISAMOS SABER QUEM SERÃO OS ARTISTAS QUE IRÃO (COMANDAR) NOSSA CIDADE, PESSOAS SÉRIAS? TALVEZ!!! OU SERÃO OS MESMOS….AH ABAFA O CASO, ABRAÇOS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s