Advogado explica o andamento do processo da Phihong

O processo da Phihong está na etapa de abertura de contas bancárias na Caixa Econômica Federal para os ex-funcionários da empresa, porém não são todos que precisam. Segundo o presidente da comissão de advogados, Fernando Andrade, isso acontece porque os ativos financeiros estão divididos em bens móveis e o imóvel na BR 459. Segundo Andrade a abertura da conta é porque a Linear, empresa que comprou a Phihong dos ex-funcionários, fez isso por meio de um financiamento junto à Caixa.

“Nós passamos a relação de todo mundo para a Linear e ela mediante a relação selecionou as pessoas que iam figurar no imóvel e as outras que iam figurar nos bens móveis”, explica o advogado. Ele ressalta que quem precisar abrir a conta poupança deve ser informado pelos advogados. Já quem for receber pelos bens deve ter o pagamento feito por cheque.

Ainda não há uma data para o pagamento dos ex-funcionários mesmo com a definição sobre a forma que isso vai ser feito. O gestor da comissão de ex-funcionários, Mozart Zaghi, atribui a demora aos advogados. “Eles, quando fazem alguma coisa não nos informam e nós não temos informação se isso é o último passo, ou se é o penúltimo, ou se vai precisar de mais documento. São R$ 14 milhões envolvidos nessa operação e todos precisam de dinheiro, mas não sabemos quando vai ser concluído”, desabafa.

A falta de informação sobre o processo também é lembrada pela ex-funcionária, Rita Maria Rezende Vilela. “Não tem nada verídico, cada pessoa fala uma coisa e até agora nada”, ressalta.

Segundo o advogado não é possível prever uma data para o pagamento dos ex-funcionários. Ele diz que isso só deve acontecer depois que o financiamento da Caixa estiver oficializado à empresa Linear. “A Caixa vai disponibilizar o valor de cada trabalhador depois de formalizado o financiamento. A Linear depositou R$ 3,4 milhões e esse valor está disponibilizado em uma conta, mas nós temos a necessidade de ter o financiamento para ter o montante da venda e conseguir fazer o rateio para todo mundo”, explica.

FONTE: http://www.difusora1550.com.br

Esse post foi publicado em Cidade, Geral, Justiça. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Advogado explica o andamento do processo da Phihong

  1. Rafael disse:

    Ano q vem com DINHEIRO NO BOLSO será?

    Gostaria muito de virar o ano com dinheiro no bolso, seria bom demais.

  2. Anderson disse:

    Acho que so mesmo no ano que vem para a gente receber o nosso dinheiro pelo andar da crroagem ainda vai levar alguns meses para resolver tudo isso, se não surgir mais alguma surpresa pela frente. A promessa de tudo estar resolvido antes do Natal so passou de promessas mesmo, acho que os advogados os gestores todos deveriam seguir a carrera politica né??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s